sexta-feira, 29 de junho de 2012

Reunião de final de ano letivo


Olá malta!

Finalmente foi a reunião de final de ano letivo. E a minha mãe lá foi ouvir o que a Prof. Vânia tinha para dizer.
Mal a mãe se sentou, um senhor (o meu Prof. de ensino especial durante a última semana de aulas) dirigiu-se a ela. Pouco depois a Prof. Vânia lá fez o jeito de apresentar o senhor prof. à minha mãe.
O Prof. de ensino especial tinha a avaliação do meu PEI para a mãe ler e assinar. A mãe leu com muita atenção. E no final assinou, expressando que não concorda com a avaliação.
Nesta avaliação dizem que eu não sei ler, nem juntar letras. Será que nem sequer se deram ao trabalho de vir ao meu blog onde a mãe já pôs um vídeo em que eu estou a ler? E agora, quando quero, leio ainda melhor.
Na avaliação dizem ainda que eu só sei contar até 20. Será que alguém estava atento a mim naquela escola?
A minha mãe acha que não.
E quando o Prof. de ensino especial estranhou muito a mãe dizer que não concorda com a avaliação, ela explicou-lhe porque é que não concorda. E ele disse, “Pois, mas comigo, ele não fez nada…” ao que a mãe respondeu que eu não tenho a culpa de ter uns professores incompetentes, que nem sequer conseguem ter estratégias para me por a trabalhar e que teve de ser a mãe em casa a ensinar-me a ler.
Acho que a mãe estava há muito tempo com vontade de chamar incompetentes aos professores daquela escola, mas como eu ainda lá estava…
Só não percebi porque é que a mãe estava um bocadinho triste comigo. Se a culpa de eu não fazer as coisas é dos professores, porque não têm estratégias… A mãe diz que eu sou preguiçoso na escola e que isso tem de acabar.
A mãe não deixou que eu transitasse de ano, por isso, no próximo ano letivo estou em escola nova, mas no mesmo ano…

Beijinhos
O Tesourinho

1 comentário:

Marylight disse...

Meu querido a vossa vida (qd digo a vossa vida é a tua e a dos meninos como tu e o Tiago, a Vera, erc...) vai se complicar cada vez mais... Eu tb pensei em reter o Tiago, mas era importante manter o grupo que são tão amigos dele e o que o ajudam muito. Na nossa reunião foi nos sugerido mudar o Tiago da alinea b) do PEi para a alinea e) o CEI. Fiquei muito triste e porque tudo o que leio e oiço sobre o CEI é muito negativo. Depois de reunir com a prof do especial e a psicóloga da escola em particular fizeram ver me o lado positivo do CEI. E estes profissionais felizmente não são incompetentes! Inclusivé a prof do especial do Tiago comoveu-se e disse que queria o melhor para o Tiago e prepará-lo o melhor possível para a vida activa. Depois de falar com uma mãe do grupo tb ela me fez ver o lado positivo do CEI. E a verdade é que o Tiago já não tinha vontade nem de aprender nem de trabalhar, mudando para o CEI e adaptando as áreas curriculares a algo que ele goste, talvez ele mude a sua atitude e tenha mais vontade. A leitura e a escrita não vão ser postos de parte pq isso eu disse logo que não admitia. Vamos ter de estar ainda mais atentos! Tudo isto para vos dizer amigos, que tenham calma e tudo irá correr bem. Quer queiramos quer não, o percurso dos nossos meninos vai ser diferente e tenho á vontade para vos dizer que qd alguém diz que o seu filho/a fez percurso normal...desculpem mas custa-me a acreditar...das duas uma ou não "pescaram nada durante todo o tempo" ou não têm défice cognitivo. Sei que nestas matérias nem sempre alguns pais estão de acordo e há muitas teorias, mas a realidade e prática é que ainda conta...
Um beijo grande para vocês e com muitas saudades!