segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Mais um fim de semana

Olá malta!
Aqui estou eu de novo para vos contar o meu fim de semana.
Desta vez foi muito diferente.
Comecei logo na sexta-feira a cozinhar... Eu não vos disse que me apetecia cozinhar??? A Kika fez-me a vontade e fizemos os dois o jantar.
Depois no Sábado, fomos logo de manhã até a Fundação São Francisco de Assis, plantar árvores. Foi uma iniciativa da Academia Siemens que convidou o Diferenças a participar.
Foi pena sermos tão poucos com trissomia, mas fomos poucos mas bons. Uma das meninas com T21 que era para ir ficou doente, mas foi bem representada pelos irmãos. Todos (ou quase) a cavar e a plantar as árvores. Eu e a Kika ainda plantámos 4 árvores, mas na ultima eu já deitáva a terra com a mão e sentado no chão, porque estáva muito "cachado".
Conheci finalmente a Yolanda e a mãe dela. Gostei muito de brincar com elas... Fiquei também amigo do irmão da Vera (menina que ficou doente). Ele andou sempre comigo.

video

Depois disto tudo, já não deu para ir á catequese. Já era tarde para ir e eu fiquei um bocadinho triste mas a Mãe e a Kika levaram-me a andar de popo.
Foi muito divertido e eu já tinha saudades.
No Domingo, foi a festa de anos da prima Sara, mas foi logo de manhã. Assim fomos depois almoçar com os avós e com a Tia Ana e o Tiago. Fomos passear, e depois de muito pedir para ir ver a Angela (Lalala) e a Rita do cão a Mãe lá perguntou á Kika se lhe apetecia conduzir, e como a Kika não me resiste, lá fomos ver as minhas amigas.
Cheguei a casa de rastos.

Beijinhos
O Tesourinho

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Vaidoso

Olá malta,
Dei uma escapadela aqui sem a Mãe saber, mas hoje sinto-me vaidoso.
Até pedi á Mãe para me tirar uma foto, mas ela não me percebia... Já há muito tempo que eu não peço fotos e ela ficou baralhada....
Mas lá me fez a vontade e eu vim aqui partilhar com vocês a minha pose...
Hoje vou ver se a Kika quer ir comigo para a cozinha. Apetece-me cozinhar... Vamos ver se a convenço. Depois conto-vos como correu...

Beijinhos
O Tesourinho

domingo, 18 de outubro de 2009

RayBan

Mais um fim de semana se passou e mais desafios nos esperam para esta semana, mas vamos começar pelo fim de semana.
O Pinguim (forma carinhosa adoptada por mim agora para chamar o Tesourinho) foi á catequese. E não é que ele pode estar a brincar com o que fôr, que basta dizer que está na hora da catequese, e o rapaz começa logo a dizer: "Vamos Kika, vamos Mãe!". A Avó Maria já diz que é desta que ela tem um neto padre. Vamos ver Mãe. Até que ia ser giro... Um padre com Down...
Mas seguindo, o Pinguim quis ir comer pizza e nós como boa familia que somos, levámos o rapaz até a uma pizzaria. No caminho encontrámos uma optica que estávam a publicitar os oculos de sol RayBan. Como eu adoro essa marca e até estáva a precisar de uns decidi entrar. Adivinhem lá... Acabei por comprar para mim e para o Tesourinho uns oculos de sol RayBan. Ele fica simplesmente LINDOOOOO!!!!
Lá fomos comer então a pizza e como o Tesourinho estáva todo feliz por ter recebido uma prenda, começou a dar miminhos á Mãe.
Estes dois andam sempre assim, no mel.
E depois de muito passear-mos este fim de semana, o Tesourinho já dorme pois precisa de todas as forças possiveis pois amanhã temos sessão no Diferenças, e vamos começar a escrita no caderno de linhas mais espaçadas. Pois é, para quem não sabe, fica aqui uma informação que nos foi dada por uma profissional (Dra. LC). Para os meninos com Down aprenderem a escrever sozinhos, devem usar um caderno em que as linhas são mais largas do que o normal. O famoso caderno de duas linhas ou caderno de caligrafia, não deve ser usado nunca, pois eles têm tendencia para a letra grande quando escrita sem ajuda do adulto. Depois vai-se tentando diminuir o tamanho da letra, mas no inicio, linhas com 15 milimetros. E posso-vos dizer que quando a Dra. LC falou neste caderno na reunião, a professora de sala concordou imediatamente, pois já se tinha apercebido que o Bruno tinha dificuldades em fazer as letras do tamanho das linhas normais.
Quem quiser saber, estes cadernos de linhas muito espaçadas, estão á venda no Centro Diferenças e custam 2€.
Espero que a informação vos tenha sido util.
Até á proxima.
Kika

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Reunião na Escola

Ontem, finalmente, lá conseguimos fazer a reunião na escola do Tesourinho. Aquela reunião que eu pretendia ter feito logo no inicio de Setembro, antes do inicio do ano lectivo.
Afinal, parece que vou ter de dar o braço a torcer... Parece-me que, se calhar, foi melhor realizar a reunião nesta altura.

Na reunião estivemos a professora da sala (Prof. VA), a professora de ensino especial (Prof. Gina) eu, a Dra. LC (Psicologa educacional) e a Dra. FC (Terapeuta da fala), estas ultimas trabalham, com o Bruninho, no Cento de Desenvolvimento Infantil - Diferenças.
Falou-se um bocadinho da adaptação do menino ao 1º ciclo que, de acordo com a Prof. Gina, tem superado (em muito) todas as expectativas que ela tinha. No entanto, há ainda algumas questões de comportamento a limar, o que faz com que o Tesourinho fique de castigo quase todos os dias e acabe por ter menos tempo no recreio.
Falou-se dos materiais a utilizar com o Bruno e a forma de trabalhar com ele.
Chegámos à conclusão que não devemos deixar de investir na letra manuscrita do Bruno porque, aparentemente, o menino está no bom caminho e parece que não estará muito longe de conseguir, sózinho e sem controlo do adulto, fazer algumas letras manuscritas. Teremos apenas de utilizar cadernos com um maior espaçamento entre linhas, uma vez que, dada à difilculdade na motricidade fina, será mais fácil para o "fofinho" (como lhe chama a Prof. Gina) começar a desenvolver mais o seu potencial de escrita.
Para já, o Bruninho reconhece as letras todos em letra de imprensa (maiuscula), tendo alguma dificuldade nas letras minusculas (manuscritas).
Ficou já combinado com as Profs. que vão passar a enviar um plano de trabalho quinzenal (ou se possível, mensal), para que se vá trabalhando também, no Diferenças, as matérias que ele vai dando na escola.
Soubemos também que com os ditongos, o Bruno se está a dar muito bem (para já começaram com o "ui" e o "iu").
Sabendo eu que será muito dificil, para não dizer impossível, que o Bruno leia até ao Natal (meta para os meninos ditos normais), começo a ter alguma esperança que ele consiga ler algumas palavras até ao final do ano.

Acabei esta reunião com uma excelente notícia da Prof. Gina (professora do ensino especial): ela, que iniciava as actividades com o Bruno às 10h, passará, a partir de agora, a iniciar o apoio às 9h15m.
Isto faz com que o menino tenha acompanhamento de professora do ensino especial durante todo o período da manhã, terminando por volta das 13h15m.

Obrigada Gina por ter disponibilizado mais estes 45 minutos para o meu menino lindo.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Dias complicados...

Já há algum tempo que aqui não passamos a contar as aventuras do nosso pequeno Guerreiro.
Bem... realmente os últimos dias têm sido um bocadinho complicados.
Dois dias depois do meu maior Tesouro fazer 6 aninhos, eu também fiz anos... Voltámos a ter os avós, a tia Ana, o Tio Daniel e o primo Tiago em casa.
Ainda cansado dos anos dele, o Tesourinho já não sabia muito bem se estava feliz ou se queria que fossem todos embora.

Na sexta-feira eu fui para Leiria em trabalho e o Bruninho ficou a achar que eu não estava, porque estava triste com ele. A Kika bem tentou explicar que não e que a mãe às vezes demorava um bocadinho mais a chegar a casa e que o amava na mesma, mas o meu anjinho lindo só descansou quando me ouviu (ao telefone) dizer-lhe que o amo.
Mas mesmo assim ele não estáva muito bem... depois de muito insistir-mos com ele para nos dizer o porquê daquela tristeza no olhar dele, lá se decidiu a falar.
O meu Tesourinho pensáva que o primo queria ficar com o quarto dele. Por isso nos meus anos ele não queria brincar no quarto, só na sala. O primo dizia que queria brincar com ele no quarto, e ele deitáva-se no sofá a dizer: "Tô cachado"...
O meu Principe tem uma adoração pelo "quarto novo" e mesmo gostando muito do priminho, ficou com medo de o perder.
Lá o conseguimos convencer de que o quarto novo é só dele e que por muito que o primo lá vá brincar, nunca deixa de ser o cantinho dele.

Agora parece andar outra vez mais alegre, mas custou a convence-lo.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

6 Aninhos

Olá malta!

Estava desejoso de vos contar como correu o meu aniversário...
Foi tão fixe. Começou logo de manhãzinha, com a Mãe a acordar-me a cantar os parabéns. Dei logo um pulo da cama e abracei a minha Mãe linda. Fiquei muito contente logo pela manhã. Depois foi altura para a prenda dela. Quando abri, nem queria acreditar... uma roupa nova... Eu gosto muito de receber roupa. A Mãe diz que eu sou vaidoso e que passo muito tempo á frente do espelho do meu quarto. Mas Mâezinha, eu tenho que ver se estou lindo para ir para a escola... tens que compreender isso...
Como foi um dia especial, quem me levou á escola foi a Mãe e a Kika.E levei um bolo que a Kika fez. Quando chegou a hora do lanche, cantáram os parabéns e comemos o bolo.
A "minha" Rita foi lá ter para me dar um beijinho. Eu fiquei tão contente que lhe saltei para o colo. Depois quando chegou a hora de ir para casa, a Mãe foi buscar-me e quando chegámos não me escapei dos trabalhos de casa. A Mãe diz que lá porque é um dia especial, não significa que seja preguiçoso, e que primeiro trabalhamos e depois temos muito tempo para brincar. E é verdade... Fiz os trabalhos todos antes que o primo Tiago chegá-se para a festa.
Quando todos chegaram, eu saltei de alegria. Tive mais prendas, e brinquei muito com o Tiago.
Falei ao telefone com a Avó Maria, com a prima Ana, com a tia Betty e também com a Maria Irene.
O bolo de anos fui eu que escolhi. Não é lindo?
Eu amo-te muito Mãmã.
Eu e o Tiago fomos dar de comer aos meus peixinhos (uma das prendas da Kika).
Depois fez-se tarde e a tia Ana disse que tinham que ir embora... Eu e o Tiago ficámos tristes... queriamos brincar mais um bocadinho, mas a Mãe disse que na quinta-feira, eles vinham outra vez. É que no dia 8, a Mãe faz anos.
Gostei muito do meu dia.
Beijinhos
O Tesourinho

domingo, 4 de outubro de 2009

Estou a ficar um menino muito grande

Olá malta!
Hoje sou eu quem vos vai contar o fim de semana...

O meu final de sexta-feira não podia ter sido melhor, tal como a mãe e a madrinha tinham prometido, fomos jantar com a "minha" Rita. Só foi pena ela não ter levado o Martim, mas prometeu que da próxima vez leva.
Foi muito divertido, eu quis sentar-me ao lado da "minha" Rita e a mãe deixou... Eu estava tão feliz... Feliz, mas muito cansadinho e, por isso, depois pedi para ir sentar-me ao lado da mãe.
Mas vocês não sabem a melhor parte... a Rita perguntou se eu queria o colinho dela... eu perguntei à mãe se podia e mal ela disse que sim, fui a correr.

As saudades que eu tinha de ter a "minha" Rita só para mim!!!
A mãe, a Kika e a Rita ficaram a conversar durante muito tempo, mas mal fui para o colinho da Rita adormeci. Depois não sei o que se passou, mas abri os olhos e já estava no colo da minha Kika e um bocado depois, voltei a abrir os olhos e era a mamã que me tinha nos braços...

Eu gostei muito do jantar de 6ª feira e até ouvi a "minha" Rita a dizer que temos de repetir. Eu gostava que da próxima vez o Martim também fosse...

Depois veio o Sábado, passámos no Diferenças para a mãe pagar um jogo que comprou para mim. A mãe só não percebeu porque é que uma senhora (mãe de um menino com T21 como eu) veio perguntar à minha Kika se ela era a Sandra Morato.
A mãe pediu para ficar aqui o esclarecimento: eu até que gosto dos Moratos (de Peniche), mas a minha adorada e dedicada madrinha é mesmo a minha Kikinha e ela chama-se Sandra Novais.

Quando saímos do Diferenças, fomos comprar umas coisas para a minha festa de anos. Não foi bem o que eu queria, mas também gosto do que a mãe comprou.
Depois fomos almoçar com os avós. Enquanto esperavamos pelos avós, a mãe fartou-se de entrar em lojas e olhar para roupas, mas não comprou nada...
Depois do almoço era hora de ir até à Igreja Matriz de Odivelas. É que hoje foi o meu primeiro dia de catequese.
A minha catequista chama-se Isa e tem a ajuda da Lucia. Eu gostei muito delas.
A Isa disse à mãe e à Kika para entrarem e elas assistiram ao meu primeiro dia de catequese. Eu portei-me um bocadinho mal e a mãe ficou um bocadinho triste.
A seguir fomos para a missa das crianças e aí eu portei-me muito bem. Até ouve uma catequista que foi ter com a mãe a dizer que eu me portei muito melhor do que a maioria dos meninos normalmente se portam.
Vês mãe? Eu já sou crescido e se tu ficares um bocadinho afastada de mim, eu consigo fazer com que sintas orgulho de mim. Não precisas de te preocupar tanto.
No final do dia a minha Kika foi ter com a avó Maria. Eu queria ir com ela, mas a mãe explicou-me que não podia ser.

Domingo acordei cedinho e fui para a cama da mãe ver o Noddy e o Ruca. Mas isso não foi o importante.
Sabem que a mãe já não se levanta a meio da noite para me levar à casa de banho? É verdade. Eu já sou mesmo um menino grande!!!!
De manhã tivemos de sair, porque a mãe vai fazer anos e a avó Odete quis que ela fosse comprar uma roupa nova. Acho que essa vai ser a prenda da avó Odete e do avô Pereira.

Amanhã já cá vou ter a minha Kikinha. BOA!!!
Não se esqueçam que eu faço anos na terça-feira.... Já sou um menino muito grande, faço 6 anos.

Beijinhos
O Tesourinho

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Estamos no bom caminho

Pois é, o nosso Tesourinho está a encarrilhar bem nesta nova fase da vida dele.
Como bom lutador que é, tem conseguido estar á altura do desafio da escolinha.
Todos os dias temos trabalhos de casa, e ele faz tudinho.... Mas há uma coisa que vocês não sabem... Na quarta-feira, numa das AEC's (Actividades Extra Curriculares), a professora contou uma história e para ver se os meninos estavam com atenção, fez umas perguntas, e não é que o Tesourinho estáva tão concentrado que acertou em todas as perguntas.... Mas eu ainda dei de barato, pois a professora desta AEC é a Rita do X-Park, e como ele é apaixonado por ela, pensei que era esse o motivo... Mas enganei-me... Hoje na sala de aula, a professora também fez perguntas ao Bruno e ele respondeu a tudo e bem. Até teve direito a um beijinho da professora por estar com tanta atenção...
Isto sim, é de babar....
Boa campião!!!