segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Traquinas???? Quem????

Então não é que o Tesourinho trouxe um recadinho da escola escrito pela professora!!!!
Qual não foi o nosso espanto quando vimos que era por mau comportamento.
Então aconteceu que o senhor Bruno esteve de castigo e levou um grande sermão todo o fim de semana. E não foi o da missa, que esse ele gosta.... Foi mesmo um raspanete a sério.
Estivemos a trabalhar as letras, os números, a conversar muito e no Domingo de castigo sem sair de casa. Claro que no meio disto tudo teve que haver mimo, pois o Pinguim começou a ficar muito triste. Assim ouvia do género: "Nós gostamos muito de ti, és o nosso amor grande mas tens que te portar bem. Assim és um menino mau e nós não gostamos. É isso que queres ser? Um menino mau?". Ao que ele respondia: "Menino mau não. Culpa... Porta bem, sim?". Tivemos a oportunidade de passar ao lado de um rebanho de ovelhas e deixámos o Pinguim ver bem os animais. Estáva muito contente a chamar pelo cão.
E assim fomos passando. Claro que também brincámos, mas sempre a reforçar a ideia do bom comportamento. No final já estáva o Tesourinho super cansado e foi dormir a prometer que se ia portar bem.
Hoje, já acordou muito bem disposto e com vontade de ser um menino lindo.
Foi a uma consulta de otorrino e já lhe saiu o tubinho que tinha preso. Depois foi para a escolinha e a Mãe foi falar com a Coordenadora da escola para saber o que realmente se passou para o Bruno levar o recado para casa...
Conclusão: O mau comportamento foi colectivo de todos os alunos naquele dia, e como não podia haver uma ovelha ranhosa, o Tesourinho juntou-se a todos os outros meninos. (Não posso censurar... eu faria o mesmo...). Disseram também que o Bruno não é um menino problemático, e que acata bem as ordens das pessoas mais velhas...
Agora pergunto-me eu: Para que raio mandou a professora um recado tão alarmante, se depois ele não fez nada de mais????
Enfim, hoje quando o vir vou dar-lhe um abraço daqueles... afinal de contas eu sempre fui a favor dos mosqueteiros... "Um por todos e todos por um".

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Muito cansado e tristonho

É verdade, o meu Tesourinho hoje foi para a escola muito cansadinho e tristonho.

A professora mandou 5 fichas para o fim de semana (3 de português e 2 de matemática). Para além destas 5 fichas, o Bruninho ainda teve de fazer mais 2 fichas, porque na 5ª feira passada o livro das fichas ficou esquecido na escola. Parece que não há nenhum adulto que se possa certificar que o menino não tira nada da mochila nas AEC's, ou se tira, que volta a colocar...

Enfim!!!
Um fim de semana muito cansativo mesmo. Ao todo 5 fichas de português e 2 de matemática.
Com muito esforço e muito mimo, o Tesourinho lá conseguiu fazer as fichas todas e obter mais uma aquisição. É verdade, na matemática, os ">", "<" e "=" estão adquiridos.
Divertimo-nos muito com os jogos destas operações matemáticas e o meu menino lindo lá conseguiu perceber o que querem dizer e como funcionam.
Hoje, dia de terapia da fala, vamos ver quantas fichas trás para fazer...

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

E a baba continua....

Hoje perguntei à Gina (prof de ensino especial do meu Tesourinho) o que achava da evolução dele e se achava que ele continuava a acompanhar a turminha ou não. A resposta dela foi: "Quanto ao Bruno para mim esta muito bem ainda hoje respondeu sobre as letras que a prof lhe perguntou (o p e o t) e ja sabe juntar as letras com as familias por ex pa, pe, pi, po e pu e fica todo contente.
A mat hoje não correu lá muito bem pois começou a aprender o sinal de menor, maior e igual mesmo com a história que a prof contou sobre os sinais o Bruno não entendeu mas com calma vamos la."

domingo, 15 de novembro de 2009

Missa

O Tesourinho passou a quinta e sexta-feira passadas muito em baixo de forma, é que para além da vacina da gripe, o médico receitou-lhe um xarope para a tosse que faz muito sono e o menino não se consegue manter acordado depois de o tomar. Acabou mesmo por adormecer nas aulas nestes dois dias.

Mais um fim-de-semana e, para variar, muita correria...
No sábado fomos a Abrantes, foi o aniversário da Catariana (que fez 21 primaveras) e da pequena Carolina (afilhada da nossa Kika - Sandra Novais), que fez 2 primaveras.
O Bruninho estava delirante com a ida a Abrantes, afinal de contas, ia ver a Avó Maria. Só não estava mais contente, porque indo a Abrantes, tinha de faltar à catequese e não sabia se ia à "Casa do Jesus" assistir à missa.
O Bruninho acabou por não se divertir muito na festa, porque pouco depois de tomar o xarope estava cheio de sono e acabou mesmo por adormecer no meu colinho. Acordou com os parabéns e começou logo a pedir para ir à missa.
Cada vez que o Bruno se portava menos bem, eu dizia-lhe: "Se te portas mal não vamos à missa". A isto a resposta imediata era: "Mamã, porta bem. Missa... Sim??"
A avó Maria babava cada vez que o menino se saía com esta e diz que ele vai ser Padre...
Na hora da missa, lá fomos assistir à celebração. Como costume, o Tesourinho portou-se como um anjinho. Ele gosta muito da oração do "Pai Nosso" cantada e, como se portou tão bem e a pedido da Paula, o menino teve direito a que cantassem o "Pai Nosso" só para ele.
Ora vejam:
video
No final do dia, regressámos a casa. O Tesourinho adormeceu no carro e nem deu pela viagem...
Hoje (domingo) de manhã, abriu os olhos e disse: "Mamã, missa? Sim?". Claro que, com esta correria toda, o menino ainda não tinha feito os TPC todos (6 fichas e uma cópia). Por isso disse-lhe que depois de acabar-mos os TPC's logo se via se havia ou não missa.
Fizemos uma ficha e meia das 3 que faltavam e o rapaz só queria a missa. Acabei por ligar a TV para ver se havia missa em algum canal.
Estivemos os dois a ver a missa enquanto a Kika dormia descansadinha...
Acabou a missa e ele foi a correr acordar a Kikinha para ela fazer os TPC's com ele.
Mal acabou os TPC's, voltou-se para nós e disse: "Carro Preto... sim?". Claro que isto queria dizer que o Tesourinho queria ir para a rua. Fomos almoçar à casa da Avó Odete e do Avô Pereira.
Mal entrámos no carro, o Tesourinho disse: "Quero ouvir musica, se faz favor". À pergunta "Que música?" respondeu "Ruca".
E lá fomos nós, os três, entretidos a ouvir musicas infantis até casa dos avós.
Como o xarope da tosse só terminou hoje, o menino ainda estava muito xoxinho e cheio de sono, por isso, era preciso vir descansar, que amanhã é dia de trabalho para todos.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Espanto!!!

É verdade, devo dizer que fiquei espantada e completamente babada quando, ontem, o meu menino (ao fim de quase 20 minutos) conseguiu ler a frase: "A Pepa, a papa e o pai", do livro de fichas de português.

Hoje, na escola, as actividades tiveram todas a ver com o dia de São Martinho. O Bruno saiu, por um bocadinho, a seguir ao almoço, para ir ao médico.
A consulta correu muito bem e o Bruno até esteve a auscultar o Sr. Dr. ... Ficou só a tomar um xarope para a tosse e apanhou hoje a vacina da gripe (sazonal). Quando adormeceu já estava muito "xoxinho" com os sintomas da gripe, provocados pela vacina. Vamos ver como corre a noite...

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Fim-de-semana com os avós

Olá malta!
Este fim-de-semana, a minha Kika foi ver a avó Maria, e eu fiquei com muitas saudades dela, como fico todos os fins-de-semana que ela vai.
Mas também gostei muito do meu fim-de-semana. É que a Mamã resolveu fazer uma surpresa à avó Odete e passámos o fim-de-semana todo com ela e com o avô Pereira.
No sábado, depois de uma bela feijoada (que a minha avozinha faz muito bem), fui para a catequese e, depois, à missa. Não percebi porquê, mas a Mamã este sábado assistiu à missa no meio dos meninos da catequese, eu gostei muito porque ela esteve a cantar as músicas do Jesus no meu ouvido e eu estava todo derretido. Portei-me muito bem.
Depois da missa voltámos para casa da avó Odete. Estava lá a tia Ana e o Tiago. Brinquei um bocadinho com ele, mas como ele tinha muito sono, teve de ir embora.
Eu, a Mãe, a Avó e o Avô também saímos. Esta saída é que eu já não gostei tanto: fomos comprar mais um livro da escola para eu trabalhar. Acho que a Mãe ainda vai comprar mais. Não sei bem, mas parece-me que vou passar a ter de trabalhar com livros diferentes na escola e no Diferenças. A Mãe diz que é para eu não me cansar de olhar sempre para os mesmos livros…
Na hora de dormir, eu queria ir para a minha caminha. Já não me lembrava bem que ia dormir em casa dos avós e acabei por adormecer no colinho da Mãe.

A Mãe, depois foi dormir comigo. Foi tão bom… Passei a noite toda a dar beijinhos, fazer festinhas, dar abracinhos. E não pensem que não dormi. Eu dormi e fiz isto tudo a sonhar. A Mãe é que não dormiu…
No domingo éramos para ir à praia, mas estava a chover e acabámos por não ir.
A tia Ana, o tio Daniel e o Tiago voltaram a casa dos avós e almoçamos todos juntos.
Depois, para o lanche, chegaram uns primos do avô Pereira (a prima Natália e o primo Carlos). Eu gosto deles, mas pareceu-me que o Carlos zangou a Mãe. Começaram a falar daquele tema que eu não gosto (adopção) e a Mãe diz que desde que passou por um processo de adopção (comigo) não consegue ter a visão tão linear como as outras pessoas. Eu não estava a gostar nada de ver a Mamã a exaltar-se e agarrei-me muito a ela. Fiquei muito nervoso. Mãe não fiques zangada e não me deixes nunca.
Um bocadinho depois, fomos para o computador do avô Pereira ver os meus vídeos e as minhas participações em programas de televisão. Sou muito vaidoso e gosto muito de ver os meus vídeos.
Ainda jantámos em casa dos Avós (já com a Kikinha do meu coração) e depois fomos para casa, porque eu precisava descansar. Já me esquecia de vos contar.
Esta noite, eu fui um menino muito crescido.
Não sei se sabem que eu tenho muito medo do escuro e que, por isso, durmo com um fantasminha que ilumina o quarto todo. Apesar da luz do meu fantasminha, eu nem me atrevo a sair do quarto sozinho, porque tenho mesmo muito medo do escuro.
A Mãe e a Kika estão sempre a dizer que tenho de arranjar coragem para sair do quarto sozinho quando preciso fazer xixi.
Hoje, às 5 horas da manhã deu-me vontade de fazer xixi. Enchi-me de coragem e lá fui eu ter ao quarto da Mãe. Ela teve de ir comigo à casa de banho, mas ficou toda contente por, finalmente, eu ter arranjado coragem para sair do quarto no escuro.
A Mãe e a Kika dizem que eu estou a ficar um menino muito crescido.

Hoje, à porta da escola, disse à Mãe que me vou portar muito bem na escola, para conseguir uma bolinha azul no comportamento.

Beijinhos
O Tesourinho

domingo, 1 de novembro de 2009

Aniversário do Avô Pereira

Olá malta!!!
Hoje estou muito feliz.
O Avô Pereira fez 70 anos e estivemos todos juntos.
É verdade. O Avô Pereira, a Avó Odete, o Tio Artur, a Tia Elsa, a Prima Sara, o Primo Ricardo, o Tio Daniel, a Tia Ana, o Primo Tiago, a minha Kika e, claro, a minha Mãe.
Fomos almoçar no restaurante e eu portei-me muito bem.
Depois do almoço, a Prima Sara foi connosco, no carro preto, ao centro comercial. Depois fomos para casa do Avô Pereira e cantámos os parabéns.
Não sei dos outros, mas eu gostei muito de ter a familia toda junta.

Ah!!! Já me esquecia.... A Mãe ficou toda babada comigo (de lágrima no olho e tudo), porque eu fiz um esforço muito grande e consegui ler uma frase: "Eu ia."

Beijinhos
O Tesourinho