quarta-feira, 29 de julho de 2009

Descanso... O que é isso??

Olá malta.
Aqui estou de novo para vos contar as minhas aventuras.
Este fim de semana foi muito atribulado, mas qual deles não é???
Mas este foi muito especial, a Carolina foi batizada, e a Kika foi a madrinha dela.
Eu não sei se achei bem, afinal a Kika é minha, mas lá vou ter que me acostumar á ideia.
A Carolina ia muito linda, parecia uma princesa.
Na festa havia muita gente que eu não conhecia, mas eu não me importei... até estive a dançar com a Kika e com mais gente. A verdade é que eu sou muito bom bailarino, pelo menos é o que a Mãe diz...
Depois a Kika esteve a cantar para mim e para a Carolina. Ela disse-me que me amáva muito, e eu não resisti e deixei de estar chateado por a ter que dividir. Ela não vai nunca deixar de gostar de mim mesmo...
Mas a coisa não fica por aqui.... No Domingo fomos até Peniche. Fomos soprar as velas e cantar os parabéns á Kika.
Fiquei muito contente por ir ver aquela gente toda outra vez. São a minha familia de coração. Mas desta vez, enquanto ia-mos a passear, encontrámos os pais de uma menina pequenina, Inês, que também tem Down. A Mãe e a Kika derreteram logo. A Mãe como é mais desavergonhada, pediu para pegar na menina ao colo, e eu fiquei cheio de ciumes. Mas depois de olhar para elas duas, achei que era um lindo quadro. A bébé é tão linda...
É bom ver mais meninos como eu. E só no Domingo, estávamos 3 meninos Down juntos. Que bom...
E por aqui me fico. Vou dormir que tenho muito sono.

Beijinhos
O Tesourinho

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Aniversário da minha Kikinha

Olá malta

Sabem que a minha Kika ontem fez aninhos?
É verdade... Ela fez aninhos e nós fomos todos jantar fora.

PARABÉNS minha Kikinha linda. Adoro-te!

Beijinhos
Tesourinho

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Férias

Olá malta.

É verdade, a minha Mãe não me mentiu e nós fomos de férias para Islantilla com os Avós, a Tia Ana, o Tio Daniel, o Primo Tiago e…. Surpresa… a Prima Sara.

Pois é, no dia 3 de Julho, logo a seguir à minha festinha do prolongamento, onde mais uma vez eu provei que sou um excelente dançarino, iniciámos a nossa viagem, mas antes de irmos para Islantilla, fomos dar uma beijoquinha à Avó Maria. Eu fiquei todo contente, porque gosto muito dela. A Liliana estava com ela e entretanto também chegou o Avô Aniceto.
Foi muito divertido, mas pouco tempo depois já estavam a Mãe e a Madrinha a dizer que tínhamos de ir embora… fiquei tristinho… foi nessa altura que a Mãe disse que eu ia ver a Prima Sara. Só assim me arrancaram de perto da Avó Maria.

Fomos então embora, com destino a Islantilla. A viagem nunca mais acabava e eu ainda adormeci pelo caminho. Já era muito tarde. Chegámos lá já eram quase 2 da manhã… Mas eu, como já não sou bebé (e estava deserto de ver a Prima Sara) cheguei lá acordado. A Prima Sara não tinha ido dormir e estava sentada numa cadeira no pátio da casa. Eu nem queria acreditar que era ela. Ela está tão grande… maior que a minha Mãe…
Não pude brincar com a Prima, porque a Mãe disse que era hora de ir dormir e que tinha muito tempo para brincar depois…

No sábado de manhã fomos para a praia com toda a gente. Levámos a minha piscina e baliza dos “Cars®”, que a Mãe usou como protecção para mim e para o Primo Tiago.
A Mãe e a Tia Ana encheram a piscina de água e lá estivemos nós a brincar um bocadinho. Foi bastante divertido, mas não sei se gostei muito. É que a Mãe não me deixa muito “à solta” na praia. Não sei do que tem medo. E a Prima Sara também não veio brincar comigo…


Depois da praia fomos para casa e, enquanto a Avó foi fazer a comida, a Mãe foi buscar um livro... Não Mãe, eu não quero esses livros. Quando é que vais entender que eu ainda vou levar um tempinho a gostar dessas coisas? Pronto, está bem, eu faço uns riscos para ficares contente, mas é só para isso...

Depois do almoço estava tão cansadinho que fomos dormir uma sestinha. Sim, eu estava cansadinho, mas a Mãe também dormiu… Quando acordei, não me apetecia ir à praia, mas pedi à Mãe se podia ir à pipina (tradução: piscina). A Mãe concordou e lá fomos eu, a Kika, a Prima Sara e a Mãe para a pipina. Passei as férias todas na pipina (de manhã e de tarde) e já quase que sei nadar.

video

Todos os dias, de noite, saíamos os quatro e dávamos uma volta pela zona onde havia coisinhas para comprar e até havia uns senhores a tocar musica muito bonita. A Mãe diz que eles deviam ser de um País que se chama Peru. Obriguei todas a ficarem a ouvir duas músicas. Gostei mesmo muito.

A Mãe, a Kika e a Prima Sara fizeram uma tatoo (daquelas que só duram 2 semanas). Eu gostei tanto que também queria, mas a Mãe explicou que ainda sou pequenino. Quando for maior, tenho a certeza que ela vai deixar. A tatoo que a Mãe fez é uma palavra em Japonês que significa ESPECIAL e a da minha Kika também é uma palavra japonesa, que significa ALMA. A Mãe e a Kika disseram que as tatoos são dedicadas a mim. Eu sou mesmo um menino importante...
As férias em Islantilla só tiveram uma coisa que não gostei muito. É que o Primo Tiago caiu de boca no chão (com a chucha na boca). Os dentinhos dele saíram do sítio e deitou muito sangue. Ele chorou muito e eu fiquei um bocadinho tristinho. Mas depois descobri que o Primo afinal começava a estar melhor e deixei de estar preocupado. E o Tiago fica muito mais bonito sem chucha na boca (é que a Sra. Dra. disse à Tia Ana para deitar a chucha fora).

video

No final das férias ainda tivemos um tempinho para ir até Peniche ter com as minhas amiguinhas Sofia e Sara. Quando a Mãe disse que íamos eu nem queria acreditar. Fiquei tão feliz. Queria que as férias durassem para sempre.
Quando cheguei, tinha à minha espera umas prendinhas que a Tia Belinha me mandou. Ela está doentinha, mas sempre a pensar em mim… Sinto-me tão importante e gosto muito dela.
Na sexta-feira o Zé foi trabalhar e eu era o homem da casa.
Eu queria ir à praia com as meninas, mas a Mãe disse que estava muito vento e que ia fazer mal aos meus ouvidos. Então ficámos por casa a fazer traquinices. É que nós os três juntos somos quase um furacão…
Há tarde, fiquei todo feliz quando o Zé chegou a casa, mas isso não fez com que parássemos com as travessuras.
Depois de jantar fomos à festa. A Sofia e a Sónia foram andar num divertimento que se chamava “Kanguru”. Eu também queria, mas a Mãe disse que eu não tinha idade para poder andar naquele divertimento…

No sábado, fomos almoçar ao pé da praia e, finalmente, lá me deixaram ir à praia, mas como estava vento, a Mãe não me deixou ir ao banho, para eu não ficar doente. A Mãe é muito chata…
Depois da praia, fomos a um sítio onde tinha uns carros que eu nunca tinha visto antes. A Mãe diz que se chamam “Karts”. A minha Kika e a Sónia foram andar nos carros, mas a mim não deixaram. Mais uma vez, a Mãe veio com a conversa de que sou muito pequenino e que, quando crescer, logo tenho tempo para andar nestes carrinhos. Não gostei nada da resposta, mas depois, eu e a Sara, ficamos o tempo todo a gritar pela minha Kika. Fizemos uma grande festa. A Kika e a Sónia saíram dos Karts com um ar muito feliz. Acho que se divertiram bastante.
Era hora de voltarmos a casa e começava a estar um bocadinho de frio.
Ao serão, a Kika fez-nos a vontade a todos e tocou um bocadinho de viola e cantou umas musiquinhas. Eu e a Sara já estávamos quase a dormir, mas não queríamos ir para a cama enquanto a Kika estivesse a cantar e a tocar…Depois as nossas Mães lá nos obrigaram e não tivemos remédio… Mas eu não gostei nada. Até porque tive um pesadelo. Sonhei que a Mãe foi embora. Mas a Mãe já me disse que vai ficar sempre comigo e que não devo ter medo. Eu estava mesmo aflito. Parecia tão real…

video

Beijinhos
O Tesourinho

quarta-feira, 8 de julho de 2009

O fim de ano do prolongamento

Olá malta.
Acabou a escola e também o prolongamento.
E como não podia deixar de ser, fizemos uma pequena actuação para os pais.
Aqui vou mostrar como sou um excelente bailarino. Dançámos a Macarena.
Espero que gostem.

http://www.youtube.com/watch?v=_BLatlpnR9c&feature=channel_page

Beijinhos
Tesourinho